Claro Curtas anuncia dez vídeos finalistas

Vídeos escolhidos por Dira Paes, Matheus Nachtergaele, Cao Hamburger, Caio Gullane e Carlos Nader concorrem a prêmio equivalente a R$ 100 mil. Premiação acontece na última semana de abril, com seminário aberto ao público e presença dos jurados.

Foram mais de 1.900 vídeos inscritos sobre o tema “Ser Digital” por participantes de 220 municípios de 24 Estados brasileiros no Festival Claro Curtas. Dos 100 curtas semifinalistas, avaliados pela comissão de pré-seleção, dez foram escolhidos pelos jurados Dira Paes, Matheus Nachtergaele, Cao Hamburger, Caio Gullane e Carlos Nader para concorrer ao total equivalente a R$ 100 mil reais em prêmios.

Os dez vídeos finalistas foram produzidos por participantes dos Estados de Alagoas, Goiânia, Minas Gerais, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul e São Paulo. Os três primeiros colocados, que levarão R$ 50 mil, R$ 30 mil e R$ 15 mil respectivamente, serão anunciados no dia 30 de abril, em coquetel de premiação no Museu da Imagem e do Som (MIS), em São Paulo. Além de conferir os dez finalistas no site http://www.clarocurtas.com.br, o público pode escolher seu vídeo favorito para ser o vencedor por voto popular, que ganhará R$ 5 mil.

Para complementar a semana de encerramento do Festival, nos dias 27 e 28 de abril, os dez finalistas se reunirão em São Paulo para participar de workshops e oficinas ministrados por profissionais da área audiovisual e de novas mídias. Nos dias 29 e 30, haverá o Seminário Claro Curtas, que conta com debates gratuitos abertos ao público sobre o impacto das novas tecnologias digitais móveis nos processos de criação, produção e difusão audiovisual.

O Claro Curtas foi criado para possibilitar a descoberta e a divulgação de talentos, e valoriza a produção audiovisual realizada a partir de celulares, webcams, câmeras digitais e outros dispositivos móveis. Com o objetivo de democratizar o acesso ao audiovisual no Brasil, durante o período das inscrições, o Festival promoveu, em parceria com empreendedores regionais, oficinas gratuitas de capacitação em audiovisual em cidades da Bahia, Minas Gerais, Pará e Amazonas. No total, mais de 600 participantes aprenderam técnicas de fotografia, roteiro, produção, gravação e edição. 

Além disso, os interessados em se inscrever no Festival contaram com materiais educativos gratuitos para aprimorar a produção dos vídeos: o site do Claro Curtas disponibilizou para download cinco vídeos tutoriais e um miniguia, que também teve 10 mil exemplares impressos distribuídos a instituições parceiras, ONGs que trabalham com audiovisual e Pontos de Cultura do Programa Cultura Viva do Ministério da Cultura.

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s